Proposta da GM para sindicato de São José dos Campos não envolve demissões

A GM entregou na tarde desta terça-feira, 22, uma proposta para o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, depois de uma reunião na qual apresentou as dificuldades financeiras da empresa no Brasil. A proposta, no entanto, não envolve demissões, garantiu ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, o vice-presidente do sindicato, Renato Almeida.

Almeida não quis explicar o que foi pedido pela empresa porque antes quer apresentar as reivindicações aos trabalhadores, em uma assembleia que ocorrerá nesta quarta-feira. Só depois disso é que dará início às negociações. Segundo ele, a proposta da GM inclui pautas que sempre foram discutidas entre patrões e trabalhadores, como a questão salarial. “Vamos conversar com os trabalhadores, precisamos dar um retorno e discutir abertamente”, disse.

Na sexta-feira passada, o presidente da GM para o Mercosul, Carlos Zarlenga, distribuiu aos funcionários comunicado alertando para “o momento muito crítico” que vive a empresa. Ele informou que a empresa teve prejuízo significativo no Brasil nos últimos três anos, resultado que “não pode se repetir”. O comunicado reproduziu matéria publicada pelo jornal Detroit News, sobre recente declaração da presidente mundial da GM, Mary Barra, em que ela deu sinais de que a empresa considera sair da América do Sul. “Não vamos continuar investindo para perder dinheiro”, disse.

A GM se reuniu nesta terça-feira pela manhã com sindicalistas das duas cidades do Estado de São Paulo onde mantém fábricas, São Caetano do Sul e São José dos Campos. O encontro também contou com a presença dos prefeitos desses municípios. À tarde, houve uma nova reunião só com os sindicalistas de São José dos Campos. Nesta quarta, será a vez de a empresa conversar com os representantes dos trabalhadores de São Caetano.

A primeira conversa, que contou com a presença de todos, teve como objetivo apresentar as dificuldades da empresa e anunciar a intenção de buscar soluções. A montadora disse aos participantes do encontro que já há conversas adiantadas com o governo estadual e com as concessionárias.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários