Bia Haddad bate norte-americana e pega Kerber na 2ª rodada do Aberto da Austrália

Embalada por três triunfos no qualifying, o que garantiu a sua classificação à chave principal, Beatriz Haddad Maia começou a sua participação no Aberto da Austrália com uma sofrida vitória. Nesta segunda-feira, a número 195 do mundo avançou no primeiro Grand Slam da temporada ao derrotar a norte-americana Bernarda Pera, a 68ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 6/4, em 2 horas e 23 minutos.

“Foi muito bom hoje. Estava muito quente e consegui me manter bem forte de cabeça e acho que isso foi o diferencial. Pra menina era primeira rodada, ela estava um pouco mais nervosa. Em alguns momentos as duas oscilaram, mas faz parte”, analisou Bia.

Bia Haddad fechou a partida com quatro aces, contra apenas dois de Pera, que teve problemas no seu saque e cometeu nove duplas faltas, diante das duas da brasileira. Além disso, foram 21 winners de Bia Haddad, um a mais do que os da tenista dos Estados Unidos, que cometeu 54 erros não-forçados, enquanto a brasileira fez 38.

Com isso, Bia Haddad já iguala o seu desempenho no Aberto da Austrália de 2018, na sua outra participação no Grand Slam realizado em Melbourne, quando também atingiu a segunda rodada. E a sua próxima rival vai ser a alemã Angelique Kerber, a número 2 do mundo.

“Contra a Kerber é ficar firme, manter meu jogo. Aproveitar o ritmo, já que já joguei contra uma canhota e continuar fazendo o meu jogo, não me preocupar com a minha adversária e, principalmente, acreditar em mim!”, afirmou a brasileira,

Com facilidade, a campeã do Aberto da Austrália de 2016 derrotou nesta segunda-feira a eslovena Polona Hercog, a 92ª colocada no ranking, por duplo 6/2, em 1 hora e 14 minutos. A alemã fechou o jogo com apenas cinco winners, mas viu a eslovena, que disparou 24 bolas vencedoras, cometer 41 erros não-forçados, 26 a mais do que a ex-líder do ranking da WTA. No duelo, após um começo equilibrado, Kerber abriu 5/1 no primeiro set. E controlou o segundo no início ao largar com 2/0 de vantagem, triunfando sem sustos em Melbourne.

Atual campeã do Aberto da Austrália, a dinamarquesa Caroline Wozniacki começou com vitória a sua participação na edição de 2019 do evento. A número três do mundo derrotou nesta segunda-feira a belga Alison Van Uytvanck, 52ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 6/4, em 1 hora e 33 minutos.

A dinamarquesa disparou 21 winners e 16 erros não-forçados, enquanto a tenista da Bélgica fechou o duelo com 25 bolas vencedoras, mas 34 erros. Na segunda rodada em Melbourne, Wozniacki vai enfrentar a sueca Johanna Larsson, 77ª colocada, que se classificou com o abandono da bielo-russa Vera Lapko.

Outra ex-número 1 do mundo a estrear no Aberto da Austrália no primeiro dia do evento, Maria Sharapova passeou em quadra. A atual 30ª colocada no ranking aplicou uma “bicicleta” (duplo 6/0) sobre a britânica Harriet Dart, número 132 do mundo, em 1 hora e 4 minutos.

Sharapova cometeu sete duplas-faltas, quatro a mais do que a sua oponente, mas também disparou 20 winners, contra as seis da qualifier. Sua próxima rival vai ser a sueca Rebecca Peterson, número 62 do mundo, que fez 6/4 e 6/1 na romena Sorana Cirstea.

Em duelo entre norte-americanas, Sloane Stephens, a número cinco do mundo, confirmou o seu favoritismo ao derrotar Taylor Townsend, 93ª colocada no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/2, em 1 hora e 9 minutos. Sua próxima oponente vai ser a húngara Timea Babos, que aplicou um duplo 7/6 na tunisiana Ons Jabeur.

Campeã em Shenzhen neste início de temporada e número 11 do mundo, a bielo-russa Aryna Sabalenka avançou para a segunda rodada ao bater a russa Anna Kalinskaya por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4. Sua próxima rival vai ser a britânica Katie Boulter, número 97 do ranking, que passou pela russa Ekaterina Makarova por 6/0, 4/6 e 7/6 (10/6).

Número 13 do mundo, a alemã Julia Görges, que recentemente foi campeã em Auckland, caiu logo na estreia no Aberto da Austrália ao perder para a norte-americana Danielle Collins, 35ª colocada, por 2 sets a 1, com parciais de 2/6, 7/6 (7/5) e 6/4. Agora, a tenista dos Estados Unidos vai encarar a compatriota Sachia Vickery.

Esperança local, a australiana Ashleigh Barty (15ª do mundo), aplicou um duplo 6/2 na tailandesa Luksika Kumkhum e medirá forças com a chinesa Yafan Wang na segunda rodada. A estoniana Anett Kontaveit (20ª) fez 6/3 e 6/2 na espanhola Sara Sorribes Tormo e terá a bielo-russa Aliaksandra Sasnovic como sua próxima oponente.

A holandesa Kiki Bertens, a número 9 do mundo, venceu a norte-americana Alison Riske (56ª) por duplo 6/3 e agora vai encarar a russa Anastasia Pavlyuchenkova em Melbourne. Em um duelo de francesas, Caroline Garcia (19ª) venceu Jessika Ponchet por 6/2 e 6/3 e vai enfrentar a australiana Zoe Hives na segunda rodada.

Ainda neste primeiro dia do Aberto da Austrália, a romena Irina-Camelia Begu, a suíça Belinda Bencic, a casaque Yulia Putintseva, a ucraniana Lesia Tsurenko, a norte-americana Amanda Anisimova, as locais Astra Sharma e Kimberl Birrell, a grega Maria Sakkari, a checa Marketa Vondrousova, a croata Petra Martic e a croata Donna Vekic também avançaram para a segunda rodada.

Comentários