Cães terapeutas visitam crianças do CHM de Santo André

Estudos apontam o efeito calmante e antidepressivo no convívio de cães e crianças (Foto: Amanda Lemos)

As crianças internadas na pediatria do CHM (Centro Hospitalar Municipal) de Santo André receberam na manhã desta sexta-feira (24/8) a visita de cães do projeto Humaniza Ped – iniciativa de humanização desenvolvida na área de pediatria. Dois cães da raça Pug e um Schnauzer guiados por tutores do projeto social de pet terapia “Afeto” fizeram visitação terapêutica para as 13 crianças internadas. Esta foi a segunda edição do projeto, a primeira ação aconteceu no dia 3 de agosto.

Durante a passagem dos animais, muitas crianças se empolgaram e até passearam com os animais pelos corredores do hospital. Estudos apontam o efeito calmante e antidepressivo, estímulo à integração social e elevação da autoestima dos pacientes como benefício. “É nítida a alegria e melhora das crianças quando estão próximas dos animais. Elas acabam até interagindo mais”, destaca a coordenadora da enfermaria de pediatria, Marisa Laranjeira. Redução da pressão sanguínea e cardíaca, melhoria do sistema imunológico e do bem-estar geral também estão associadas aos momentos de descontração.

Criado em 2016 e administrado por Suraia Samiani, o projeto Pet Terapia conta com tutores e pets voluntários que participam de terapias em asilos, orfanatos e hospitais. Todos os cachorros são vacinados, passam por atendimento periódico com veterinário e tomam banho sempre antes da visita. Além disso, para estarem aptos às visitas, os pet’s recebem adestramento específico e precisam estar com saúde em perfeitas condições. Outra raça com perfil adequado para esse tipo de ação costuma ser Golden Retriever. “São os mais dóceis, gostam de pessoas, de estarem perto recebendo carinho”, destaca Suraia.

A pug Eleven foi resgatada e adotada há pouco mais de um ano por sua tutora Elisa Tibério. Veterinária em Santo André e voluntária no projeto, leva sua cadelinha em todas as visitas que pode. “Ela lida muito bem com as mudanças e com as crianças. Fica numa felicidade enorme quando começam a brincar com ela”, diz.

Internado desde quinta-feira (23/8) devido a uma torção no braço, Bruno, 4 anos, morador do Jardim Cristiane, Santo André, recebeu a visita de um cãozinho. Sua tia, Joseli Alves da Silva, 37, contou à equipe do RD que nunca havia visto o serviço no hospital e que se surpreendeu ao ver o garoto animado. “Assim que ele viu o cachorrinho já quis se levantar para ficar mais perto e poder brincar”, conta animada.

(Foto: Amanda Lemos)

Em tratamento há pelo menos três meses contra uma imunodeficiência, Eliel Moraes de Almeida, 11 anos, também se empolgou com a visita. “Gosto muito de cachorros e fico mais feliz todas vez que eles vem”, declara. A cada visita, Eliel não deixa de passear com o pet pelos corredores do hospital.

Além da visita, o hospital já recebeu atividades com música, pintura, contação de histórias, entre outras ações lúdicas. Diante dos resultados positivos, a coordenadora Marisa Laranjeira estuda tornar a iniciativa mais frequente, em parceria com ONGs e tutores dos animais de estimação.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários