Egito: Forças de segurança matam 12 militantes islâmicos no Sinai

Forças de segurança do Egito mataram pelo menos 12 militantes islâmicos em um tiroteio no norte da Península do Sinai, informou a agência de notícias oficial Mena. Segundo a reportagem, os combates eclodiram quando as forças de segurança invadiram um suposto esconderijo de militantes na cidade de al-Arish. Conforme a agência, os militares desmontaram dois dispositivos explosivos e apreenderam armas.

A Mena não disse quando o ataque ocorreu ou se algum membro das forças de segurança foi morto ou ferido. O Egito restringe fortemente o acesso da mídia à parte norte da Península do Sinai. A insurgência com base no Sinai ganhou força após a derrubada em 2013 do presidente Mohammed Morsi. Em fevereiro, o Egito lançou uma operação maciça contra militantes no Sinai e em outras partes do país. Fonte: Associated Press.

Comentários