Aplicativo permite agendar doação de sangue no ABC

Sede regional da Colsan em São Bernardo: projeto lançado (Fotos: Pedro Diogo)

A partir deste mês de julho, os doadores voluntários de sangue do ABC terão uma facilidade a mais para manter o gesto de amor ao próximo. A Colsan, administradora regional dos quatro postos de coleta localizados em Santo André, São Bernardo e São Caetano, lançou o Time do Sangue, aplicativo gratuito para smartphone que pode ser baixado no celular para agendamento. Neste caso, a pessoa escolhe a data, local e horário para a doação, sem necessidade de enfrentar fila.

Disponível gratuitamente nas plataformas iOS e Android, o app descomplica o processo de doação. Com um simples clique, por exemplo, o doador pode, no mínimo, salvar quatro vidas. A tecnologia permite que todas as etapas sejam realizadas de forma rápida e eficiente, segundo Juliana Aguiar, uma das idealizadoras da ferramenta. Para baixar o aplicativo, o interessado deve acessar o site www.timedosangue.com.br

Por meio do aplicativo, o usuário tem acesso a informações pertinentes, como saber quais os tipos sanguíneos em falta nos bancos mais próximos. Já os hemocentros têm a possibilidade de conhecer a demanda de doação e preparar seus colaboradores para receber os doadores de acordo com os horários de agendamento.

Na prática, funciona como uma agenda. A pessoa recebe alertas e mensagens, desde as datas do agendamento até a divulgação de campanhas para atender situações de urgência ou demanda por sangue de tipo raro. Depois de preencher um cadastro, o usuário passa a fazer parte de uma rede unificada. O sistema permite o acionamento rápido do voluntário mais próximo, sempre que alguém precisar de sangue.

O Time do Sangue, que deve ser expandido para outros estados e até para fora do País, iniciou no hemocentro de Sorocaba, em junho de 2017 – houve aumento de 11% em doações. Hoje, são 15 hemocentros, entre Jundiaí, São José do Rio Preto, Santos, São Paulo e agora no ABC, que firmaram parceria para uso do aplicativo do bem. “Até o momento, foram cerca de seis mil agendamentos e três mil doações, além de 15 mil downloads”, afirma Juliana, ao contar que o dispositivo também já existe nas versões em inglês e espanhol.

No ABC, porém, a gerente regional da Colsan, Solange Rios, acredita que somente entre dois e três meses poderá ter balanço do novo serviço gratuito disponível. “Lançamos o Time do Sangue na região agora e ainda muitos voluntários não conhecem o aplicativo”, diz, ao lembrar que as doações costumam cair com as férias de julho e a época do inverno.

Embora o aplicativo seja gratuito ao usuário, Juliana, junto da outra idealizadora, é que tem arcado com os custos para manutenção. “Buscamos apoio da iniciativa privada para expandir e manter o serviço de causa social”, reforça a gerente comercial que, no passado, necessitou de sangue para várias transfusões por conta de complicações de uma cirurgia.

Comentários