Jabuti mantém mudanças que geraram polêmica

A Câmara Brasileira do Livro anunciou na segunda, 18, que não vai mexer em seu regulamento este ano, apesar das críticas de parte do mercado editorial e de diversos autores e ilustradores. Em sua 60ª edição, o prêmio apresentou um novo regulamento, que diminuiu de 29 para 18 categorias.

Uma das mudanças mais criticadas foi a junção das categorias Infantil e Juvenil. Debates acalorados na internet acabaram em trocas de ofensas e comentários homofóbicos.

O curador Luiz Armando Bagolin renunciou na sexta, 15. Em comunicado, a CBL disse que alterações este ano são “tecnicamente inviáveis” e que pode rever a questão em 2019.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários