Escritor Philip Roth morre aos 85 anos

O premiado romancista americano Philip Roth morreu nesta terça-feira aos 85 anos, de insuficiência cardíaca, em local não revelado. A informação foi confirmada pelo agente literário do escritor, Andrew Wylie.

Autor de mais de 25 livros, como “Pastoral Americana” e “Complexo de Portnoy”, Roth conquistou praticamente todos os prêmios literários relevantes em mais de 60 anos de carreira. Morreu, no entanto, sem o Prêmio Nobel de Literatura, para o qual foi considerado favorito em diversas ocasiões.

Roth era dono de um estilo realista e direto e adotava um humor ferino em suas obras. De origem judaica, era ateu e se considerava antirreligioso.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários