Padarias investem em sopas

Brasileira ampliará cardápio (Foto: Divulgação)

A temperatura começou a cair e quem é que não gosta de tomar um caldo ou sopa quentinha para se aquecer? O RD buscou endereços que já estão preparados para o outono e inverno, e também, dica profissional para escolher a sopa ideal e substituir a refeição de forma correta.

Luciana Milani, nutricionista do Hospital e Maternidade Christóvão da Gama, explica que é possível satisfazer o estômago somente com sopa, mas a substituição deve ser apenas no jantar. “Não é indicado substituir o almoço pela sopa, já que é a refeição que sustentará o auge dos gastos energéticos. Isso vale principalmente para o público masculino, que possui maior reserva muscular”, ensina.

As padarias levam isso em conta ao oferecer buffet de sopa no jantar. A Padaria Kennedy, em São Bernardo, proporciona, por R$ 39,90, balcão com várias opções, como capeletti de carne, sopa de ervilha e creme de palmito. Para acompanhar, pães, patês e queijos. Há opção a la carte, com cinco sabores de sopa, por R$ 23,50, e até para viagem, que sai R$ 25,90 o pote de um litro.

Luciana diz que a sopa precisa ter conteúdo nutricional necessário para sustentar como proteína, seja ela animal, como carne vermelha ou branca, ou vegetal, lentilha, ervilha, grão de bico, além de verduras, como couve, acelga e cenoura. As fontes de carboidratos são indispensáveis e a ordem é optar por sopas com batata, arroz ou mandioquinha.

Na Padaria Vitória Régia, em Santo André, o creme de mandioquinha é o carro-chefe no assunto. “As nossas chefes de cozinha gostam de prepará-lo, e é isso que o torna especial. A mandioca é bem temperada, cozida e depois batida. É muito saboroso”, conta Thaís Rodrigues, responsável pela parte nutricional da padaria.

O local trabalha com self-service de sopa a partir das 18h, e o quilo custa R$ 49,90. Os três sabores fixos são canja, carne com legumes e creme suíço, feito à base de catupiry. O quarto sabor muda todos os dias. A sopa a la carte custa R$ 13,90 nos mesmos sabores do self-service.

Se a refeição for a última atividade da noite, a orientação é fugir das sopas gordurosas. “O tempo de digestão deve ser respeitado, o ideal é comer uma hora e meia antes de dormir, mas se isso não ocorrer, escolha sopas leves”, recomenda.

Nessa linha, a Padaria Brasileira oferece, entre mais de 10 sabores, como o detox de abóbora, por R$ 21 (500 ml). Nos dias mais frios, o buffet funciona por R$ 36,90. Dia 28 de maio, a rede acrescentará dois sabores: creme de brócolis e nhoque com frango, avisa Eveline Godoi, gerente de marketing. (Colaborou Giullia Micali)

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários