Manifestantes apedrejam prédio do MEC e polícia revida lançando bombas

Um grupo de estudantes e servidores da Universidade de Brasília (UnB) apedrejou o prédio do Ministério da Educação (MEC) e a Polícia Militar revidou com o uso de bombas de gás lacrimogêneo na tarde desta terça-feira, 13. Em seguida, parte dos manifestantes correu para o canteiro central da Esplanada e se aglomerou em frente à Catedral.

Com o acirramento do protesto, que começou mais cedo na frente do MEC contra corte no Orçamento da UnB, a PM deslocou efetivos da cavalaria e do batalhão de choque para apoiar a operação no local.

A área em frete ao MEC foi completamente evacuada e agora está tomada pela patrulha da Polícia Militar. No entanto, os manifestantes agora bloqueiam as duas vias da Esplanada dos Ministérios, tanto sentido Congresso quanto sentido Rodoviária do Plano Piloto.

O MEC havia resistido em receber representantes do grupo, porém voltou atrás e concordou em dialogar com os manifestantes, mas ainda não tem um horário definido para essa conversa. O protesto também está sendo usado para repudiar o governo Temer.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários