Polícia israelense prende executivos da Bezeq em caso envolvendo Netanyahu

A polícia de Israel prendeu neste domingo executivos da Bezeq, empresa de telecomunicações local, como parte de uma investigação sobre denúncias de corrupção que envolvem o primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu (foto).

De acordo com o diário israelense Haaretz, a polícia investiga a relação entre Netanyahu, a companhia e seu acionista controlador, Shaul Elovitch.

Segundo a rede e televisão Channel 2 TV, Netanyahu é acusado de ter recebido uma cobertura favorável do site de notícias Walla, uma subsidiária da Bezeq, em troca de uma regulamentação que resultou em milhões para Elovitch, dono do grupo de telecomunicações.

Conforme relatos da imprensa local, duas pessoas foram pressas durante as investigações estão associadas a Netanyahu e ele deve ser chamado a depor.

O caso acontece dias depois da polícia anunciar ter evidências suficientes para indiciar Netanyahu por suborno, fraude e quebra de confiança em dois casos diferentes. Fonte: Associated Press.

Comentários