Alckmin não crava início das obras da Linha 18 para este ano

Alckmin afirmou que já está em negociação uma forma de investimento no HC de São Bernardo (Foto: Gilberto Marques/A2)

Ao ser questionado sobre a possibilidade de iniciar as obras da Linha 18-Bronze (Tamanduateí-Djalma Dutra) em 2018, após a nota do rating do Estado subir – fato que permite um financiamento, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que não há nada previsto para curto prazo. Em coletiva realizada nesta segunda-feira (8), em São Bernardo, o tucano falou sobre febre amarela, investimentos em Saúde e também sobre a eleição deste ano.

Alckmin explicou sobre a redução da dívida, fato que aumentou o rating, mas afirmou que não poderia falar nada sobre o assunto sem uma aprovação de financiamento. “Não dá para cravar ainda sem ter o financiamento definido. Nós vamos entregar muitas obras, pois temos um volume de obras na área metropolitana enorme”, disse o governador sobre a entrega de oito estações de Metrô e uma linha de trem, a linha 13. Na sequência, ao ser indagado novamente sobre a possibilidade de iniciar as obras, o tucano disse “não tem decisão a curto prazo, mas haverá sim (a obra)”.

A nota do rating do governo paulista era o último empecilho para que São Paulo conseguisse fazer o pedido de financiamento para o início da primeira etapa da obra que é a desapropriação. Com a PPP (Parceria Público-Privada) assinada em 2014, o objetivo era entregar a linha que liga a Capital a três municípios da região (Santo André, São Bernardo e São Caetano) neste ano.

No final do ano passado, em entrevista no Consórcio Intermunicipal Grande ABC, o prefeito de São Bernardo e presidente da entidade regional, Orlando Morando (PSDB), disse que cobraria o comando do Palácio dos Bandeirantes sobre o assunto, pois o contrato com o Consórcio Vem ABC já foi prorrogado por três oportunidades sem qualquer tipo de resultado prático.

Saúde em São Bernardo

Antes do evento realizado no bairro Jardim da Represa, Alckmin e Morando se reuniram. O prefeito são-bernardense começou a articular sobre a possibilidade de investimentos do Governo Estadual no Hospital das Clínicas José Alencar da Silva. A intenção do Paço de São Bernardo é que o Estado tenha alguma participação no custeio do equipamento municipal.

“Nós vamos ajudar para que o Hospital possa expandir a sua atividade”, disse o governador. As negociações também envolvem o Secretário Estadual de Saúde, David Uip, que está analisando qual será o formato para a participação no custeio do Hospital de Clínicas.

Febre Amarela

Alckmin também comentou sobre as três mortes no estado causadas pela Febre Amarela. “A Secretaria de Saúde tem recomendado de quem for se aproximar de áreas de mata tome a vacina 10 dias antes, pois a vacina passa a ter o efeito imunizante 10 dias depois. Então, as vacinações estão aumentando, não falta vacina e para que não venha a faltar, o Ministério da Saúde vai autorizar o fracionamento da vacina, então com uma mesma vacina você pode vacinar mais de uma pessoa com o mesmo grau de eficácia”, explicou.

Eleições 2018

“As mudanças de pesquisas só vão ocorrer perto do processo eleitoral, quando a população estiver mais focada na disputa, quando os candidatos estiverem definidos, hoje você nem sabem que vai ser candidato. E o eleitor é muito sábio, então ele observa, ele acompanha, ele se informa, ele compara, então as grandes mudanças vão ocorrer no segundo semestre, não vai ter nenhuma mudança extraordinária nesse começo de trabalho”, concluiu.

Comentários