Praias e gastronomia são encantos do Ceará

Deitar nas redes sobre a água são marcas de Jijoca em Jericoacoara (Foto: Wandering Trader)

O Ceará é um dos lugares mais procurados por turistas que buscam diversão e relaxamento, principalmente para quem gosta do mar. O Estado possui um dos litorais mais ensolarados e atraentes do Brasil. Tanto a Costa do oeste de Fortaleza, a bela Capital, quanto à do leste, as praias reservam recantos de águas claras e mornas, além de belos cenários com dunas, coqueirais, lagoas e falésias. Praias do Futuro, Aquiraz, Cumbuco, Trairi e Jericoacoara encabeçam a lista das imperdíveis. Somado a isso, a terrina oferece uma culinária rica, repleta de frutos do mar fresquinhos e pratos típicos de dar água a boca.

Não dá para falar de Fortaleza sem citar a extensão praiana de dar inveja. A Praia do Futuro é uma das mais procuradas praias urbanas, onde não é difícil encontrar escorregadores em piscinas e barracas para fazer uma pausinha para o almoço. A Crocobeach, mega barraca da orla, possui espreguiçadeiras, piscinas, sauna, salão de beleza e serve bufê por quilo ao meio dia. Em algumas noites na semana ainda é possível trombar com shows de humor.

Uma viagem à Fortaleza não é completa sem curtir dois ou três dias no Beach Park. O parque aquático à beira-mar tem brinquedos para toda a família, com atrações leves, moderadas e radicais. O toboágua mais procurado, porém, é para os mais corajosos: o Insano possui 41 metros de altura com uma queda quase vertical que atinge a velocidade de 105 quilômetros por hora. Contudo, para curtir bem o parque, o ideal é chegar cedo, procurar por dias úteis e fora da alta temporada.

A 153 quilômetros da Capital está uma das melhores atrações do Estado: Canoa Quebrada. Para curtir um dia de praia, a dica é ir a pé da cidade de Icapuí até o mar e apreciar as fascinantes falésias avermelhadas. Para conhecer toda a extensão de Canoa, o ideal é fazer um passeio de bugue pela areia da Praia do Ceará até Retiro Grande.

Pedra Furada

Jericoacoara é um paraíso à parte, mas como fica localizado a quase 300 km da Capital, o ideal é pegar um ônibus ou alugar carro particular para visitar a cidade. Por lá, turistas encontram a Pedra Furada, esculpida pelo mar, que ainda ganha o brilho do sol no meio do buraco ao pôr do sol. Uma passada pela Lagoa do Paraíso também é uma boa pedida: deitar nas redes sobre a água são marcas de Jijoca de Jericoacoara, a 23 quilômetros de Jeri. O lugar parece ser sido feito para relaxar e nada mais.

Na hora de provar as delícias típicas da região, basta definir o cardápio e procurar nas orlas: tem tapioca, lagosta, baião de dois, carne de sol e muitos outros sabores da terrinha. Caso o pedido seja fruto do mar, o endereço é a Praia de Curuípe, onde as jangadas aportam sempre cheias. Já no bairro Messejana, 20 barracas oferecem os melhores sabores de tapiocas tradicionais do Ceará com recheios variados.

No artesanato, as rendas de labirinto são o forte das rendeiras cearenses, encontradas em diversas feirinhas pelas cidades. As artesãs dividem espaço com redes de dormir, garrafinhas de areia colorida, objetos em argila, madeira, couro e palha no Mercado Central de Fortaleza, o maior do Nordeste, com mais de 550 boxes distribuídos em quatro pavimentos e ótimos para fazer compras. Outras opções são os artesanatos à venda nas feirinhas de algumas praias de Fortaleza e no comércio do Centro. (Colaborou Raíssa Ribeiro)

Comentários