Prefeitura de Santo André leiloa 139 veículos oficiais

Sete antigas ambulâncias foram leiloadas. (Foto: Divulgação)

Com mais de 500 pessoas, o governo do prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), realizou nesta sexta-feira (20) o leilão de 144 veículos da frota oficial, no Teatro Municipal, e conseguiu vender 139. Foram avaliados carros, caminhões, tratores, ônibus e motos, que resultaram em R$ 1,4 milhão aos cofres públicos. De acordo com a administração, o valor será destinado para compra de novas viaturas da GCM (Guarda Civil Municipal).

Estavam inclusos no leilão os carros oficiais destinados ao prefeito e o vice-prefeito, ambos os modelos Vectra Elegance, da GM (General Motors), anos 2007, comprados por R$ 17,4 mil e R$ 17 mil respetivamente. Pela tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), os automóveis estavam avaliados em R$ 23,9 mil.

Muitos dos veículos tinham apenas as carcaças e praticamente sem condições próprias de deslocamento, mas interessavam ao público pelas peças.  Os arremates dos lotes variaram entre R$ 36 mil para dois tratores e R$ 1,1 mil em uma Kombi, ano 2001.

Além dos veículos para prefeito e vice, receberam ofertas mais 39 carros, 41 vans, 23 caminhões, 15 motos, oito tratores, seis picapes, quatro ônibus e um jipe. No evento, houve arremates de sete ambulâncias fora de operação, além de veículos da GCM e de outros setores. Três automóveis modelos Corsa, Fiesta e Gol, além de uma Kombi e Rolo Compactador Muller AP23 – avaliado em R$ 40 mil – foram retirados do evento.

Toda a frota está na garagem da Secretaria de Manutenção e Serviços Urbanos, no Jardim Las Vegas. De acordo com o governo, os veículos leiloados devem gerar uma economia de aproximadamente R$ 3 milhões ao erário.  “A gente está acabando com essa mordomia de carro para prefeito, vice-prefeito e secretários. O conceito de carro oficial acabou. E os recursos vão diretamente para a guarda municipal”, descreveu Serra.

A expectativa inicial do Paço era arrecadar R$ 1 milhão com o leilão, previsão superada em 41,17%. Ainda não há definição de quantos carros serão adquiridos para GCM por meio do valor arrecadado. Segundo o secretário municipal de Segurança Cidadã, Edson Sardano (PTB), a idade média da frota de 21 automóveis do setor está em oito anos.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários