Cuca confirma Michel Bastos como titular do Palmeiras nos dois próximos jogos

O Palmeiras já tem alguns indicativos do time titular para domingo, quando vai receber a Chapecoense, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o técnico Cuca confirmou a lateral-direita com Jean e a esquerda com Michel Bastos, que superou a concorrência com Egídio e vai começar jogando tanto neste domingo como no próximo, contra o São Paulo.

“O Michel joga neste domingo e contra o São Paulo também (no dia 27). Foi o que planejamos com os jogadores, inclusive com o Egídio”, afirmou Cuca. Egídio atuou pela última vez na eliminação da Copa Libertadores diante do Barcelona, do Equador, quando errou o pênalti decisivo que definiu a eliminação da equipe. Desde então, o lateral não foi mais acionado e, na última rodada, contra o Vasco, ficou fora para ser “preservado”, segundo Cuca. “Desejamos que o Michel se solte e mostre bom futebol”, disse.

Na direita, Mayke voltou a treinar e ficar à disposição. Mas Cuca quer manter Jean, por já estar com ritmo de jogo. “O Mayke está retornando, mas ainda não está nas melhores condições. Por isso, ele não vai ser o nosso titular”, explicou. O treinador não quis dar pistas sobre outras posições no time. A expectativa da torcida é ver no meio-campo Moisés e Guerra juntos, fora o retorno de Willian. O artilheiro do Palmeiras na temporada com 13 gols está recuperado de lesão e pode começar a partida.

Cuca comemorou a oportunidade de pela primeira vez em três meses ter uma semana completa de treinos, com compromissos somente aos fins de semana. A eliminação na Copa do Brasil possibilitou ao time a folga na quarta-feira, data da realização da primeira partida semifinal. “Nesse calendário novo, quanto mais o time vai passando de fase, mais prejudicado ele é. Parece que paga um preço”, afirmou.

A equipe treinou nesta sexta-feira na Academia de Futebol sem a presença da imprensa, que acompanhou somente a parte final da atividade. O possível time para domingo é: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Thiago Santos, Moisés e Guerra; Róger Guedes, Keno (Willian) e Deyverson.

Comentários