Di Grassi segura Vergne, vence penúltima prova da Fórmula E e assume a liderança

O brasileiro Lucas Di Grassi venceu de ponta a ponta neste sábado a primeira das duas corridas da etapa de Montreal, a derradeira da Fórmula E. O resultado levou Di Grassi à liderança da competição e agora ele só depende de suas forças para ser campeão pela primeira vez. A última prova da temporada acontece neste domingo, às 17h (de Brasília).

Apesar de não ter perdido posições durante toda a corrida, o brasileiro precisou segurar nas últimas voltas a pressão do francês Jean-Éric Vergne, que terminou na segunda colocação. Quem completou o pódio foi o também francês Stéphane Sarrazin, que conteve as investidas do suíço Sébastien Buemi, até então líder do campeonato.

Buemi foi o principal destaque da corrida. Após bater no treino classificatório e perder dez posições no grid para trocar a bateria do carro, o suíço caiu para 16ª colocação após a largada e então começou uma corrida de recuperação.

O suíço teve dois momentos que chamaram a atenção. No primeiro, na entrada do pit-lane, ele se irritou com alemão Daniel Abt. Buemi xingou o adversário achando que ele havia retardado propositalmente sua entrada nos boxes. O suíço trocou de carro mais rápido do que o alemão, saiu na frente e quase freou, fazendo com que Abt batesse levemente em sua traseira.

Apesar da polêmica, Buemi não sofreu punições e foi ultrapassando até chegar na quarta colocação. Na última volta, ele chegou a deixar Sarrazin para trás, mas depois levou o troco na curva seguinte. Os dois pilotos chegaram a tocar as rodas na disputa, mas o francês levou a melhor e garantiu um lugar no pódio.

Melhor também para Di Grassi, que assumiu a liderança e abriu seis pontos de vantagem na classificação em relação a Buemi. O brasileiro tem 175 pontos contra 169 do suíço. Eles são os únicos pilotos ainda com chances de título na temporada.

A quinta colocação ficou com Abt, à frente do britânico Sam Bird. O francês Nicolas Prost foi o oitavo, seguido pelo australiano Mitch Evans. O holandês Robin Frijns fechou o Top 10. O outro brasileiro na disputa, Nelsinho Piquet, terminou em 14º lugar.

A última corrida acontece neste domingo, às 17h (de Brasília). O treino classificatório está marcado para às 13h. Pelas regras do campeonato, quem garante a pole ganha três pontos e uma vitória na corrida dá mais 25 pontos.

Receba diariamente o RD em seu WhatsApp
Envie um WhatsApp para 11 99927-5496 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários