Após Paim, Vanessa Grazziotin lê relatório alternativo sobre reforma trabalhista

Após o senador Paulo Paim (PT-RS), agora é a vez da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) apresentar no período da tarde desta terça-feira, 6, um voto em separado sobre a reforma trabalhista. O voto em separado funciona, na prática, como um parecer alternativo que pode ou não ser apreciado pelos demais senadores.

O líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), disse que, mesmo com a estratégia da oposição de ler esses relatórios alternativos, a sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado não terminará para o início da sessão do plenário.

“Não adianta a oposição tentar obstruir e ficar lendo manifestos até a hora de abrir o plenário, na esperança de que a sessão da CAE seja derrubada. Quero avisar que conversei com o presidente Eunício (Oliveira) e ele informou que não abrirá sessão no plenário até que seja votado aqui o relatório da reforma trabalhista”, disse Jucá.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 94984-9581 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários