Início de construção do campus definitivo da Unifesp em Diadema é programado para dezembro

A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) iniciou nesta segunda-feira (6), sales o processo de abertura de envelopes do processo licitatório para a construção do campus definitivo em Diadema, em terreno doado pela Prefeitura, na Estrada Pedreira Alvarenga, no Sítio Morungaba. A previsão para início de obras é no fim de dezembro, caso não haja interpelações por parte dos concorrentes. Para essa fase, que corresponde à metade da construção, o valor repassado pelo MEC (Ministério da Educação) é da ordem de R$ 10, 3 milhões. O funcionamento da unidade é estimado a partir de 2009.

?A quantia só será suficiente para levantar a estrutura do prédio e fazer o seu revestimento externo, num prazo de 10 meses. Serão necessários mais R$ 10 mi para a conclusão, que inclui instalações e alvenarias. Essa etapa deverá consumir mais um ano?, disse ontem a diretora do Departamento de Planejamento e Projetos da instituição, a arquiteta Luciana Diniz Guttilla, à reportagem do Repórter Diário. Segundo ela, já foram tomadas as providências para a captação dos recursos em 2007. Outra verba deverá ser destinada a equipamentos e novos docentes.

O primeiro bloco da universidade ocupará uma área de 13 mil m² de um terreno de 400 mil m² em área de proteção de mananciais, que sofre restrições ambientais. ?Devido a isso, deixaremos 60% do local preservado, em fases futuras de ampliações?, esclareceu a diretora. O prédio terá capacidade para atender 1 mil alunos, distribuídos nos cursos de Ciências Biológicas, Engenharia Química, Farmácia e Bioquímica e Química.

A Unifesp contratou o projeto arquitetônico da empresa paranaense MKPEG, por meio de um concurso nacional organizado pela IAB (Instituto dos Arquitetos do Brasil), que teve cerca de 60 concorrentes. ?Essa fase já gerou o empenho de um investimento aproximado de R$ 1,7 milhão?, disse a gerente de administração e expansão Cleusa Pedotti.

Situação atual

Nos próximos anos, as aulas serão ministradas em campus provisório localizado também na Estrada Pedreira Alvarenga. A Unifesp recebeu a permissão de uso do local pela Prefeitura de Diadema, por um período de cinco anos.

O primeiro vestibular da unidade de Diadema acontecerá de 13 a 15 de dezembro. Para disputar um total de 200 vagas, houve 3.101 inscritos. A maior demanda foi para o curso de Farmácia e Bioquímica, com a relação de 30,27 candidatos/vaga.

Receba diariamente o RD em seu Whatsapp
Envie um WhatsApp para 11 99237-9717 para receber notícias do ABC diariamente em seu celular.

Comentários