Pré-candidato a vereador, ex-secretário promete ‘colar’ em Marinho

Prestes a embarcar na empreitada de concorrer a uma vaga na Câmara de São Bernardo, o ex-secretário de Obras do município, José Cloves (PT), deu uma demonstração do que deve ocorrer durante o processo eleitoral. Ao ser questionado sobre a tática de angariar votos na cidade, Cloves afirmou que deverá “colar” no prefeito Luiz Marinho.

Segundo o petista, a ação tende a aproveitar o que ele classificou de “grande figura do projeto”, em referência à atual administração da cidade, encabeçada pelo PT. “Obviamente que a campanha toda do Marinho vai atrair isso. Obviamente que qualquer campanha inteligente vai estar próximo à liderança, até para dar visibilidade”, citou José Cloves.

O pré-candidato chegou a utilizar um exemplo no PSDB são-bernardense, principal rival de petistas na cidade. “Você vê sempre o (deputado estadual) Orlando Morando atrás do governador nas fotos. Eu não tenho o costume de ficar assim, mas nas atividades estarei acompanhando sempre que puder o prefeito Marinho”, concluiu.

Como foco na campanha ao Legislativo, Cloves atuará na região do Alvarenga, reduto do petista, e Ferrazópolis – este reduto da deputada estadual Ana do Carmo, de quem Cloves é afilhado. A Pasta de Obras passará a ser chiada, a partir de semana que vem, por Alfredo Buzzo. Este já comanda a Secretaria de Planejamento Urbano e acumulará, segundo a administração, as funções até o final do ano.

“A gente deixa para alguém que já está acompanhando os projetos e tem conhecimento para não perder o ritmo. É exatamente esta justificativa. Para não afetar nenhuma obra. Colocamos alguém que já tem conhecimento do que está acontecendo do trabalho da secretaria”, afirmou Marinho.

Saídas – com a saída de José Cloves da Secretaria de Obras, a Prefeitura de São Bernardo fechou o ciclo de membros do alto escalão que deixam o governo para concorrer a uma vaga no Legislativo. Além de Cloves, outros dois secretários deixaram o Paço Municipal. Giba Marson (PTB), ex-secretário de Gestão Ambiental, tenta retornar à câmara, enquanto José Luiz Ferrarezi (PT) deixa o comando da Pasta de Esportes e Lazer para se aventurar a uma cadeira na Câmara Municipal.
 

Comentários