Lista da malha fina será divulgada na segunda-feira

Os 23,736 milhões de contribuintes que entregaram as suas declarações de Imposto de Renda até as 19 horas desta sexta-feira (último dado divulgado pela Receita Federal) poderão consultar se estão na malha fina já na segunda-feira. No total, o Fisco esperava receber 24 milhões de declarações este ano.

Para conseguir o extrato que aponta os erros na prestação de contas é preciso acessar o site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br) com o código de acesso e solicitar o documento no Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte, diz o Fisco.

Depois de detectar o erro, o contribuinte deve preencher e enviar a chamada “declaração retificadora”. Quanto antes a correção for feita, mais cedo virá a restituição do imposto de renda, dizem especialistas em tributação.

“Gostaria de agradecer aos contribuintes que entregaram suas declarações em dia, contribuindo assim para a sociedade brasileira e o financiamento do Estado”, afirmou a secretária adjunta da Receita, Zayda Manatta. Quem não entregou a declaração no prazo pagará multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do valor do imposto devido.

O Darf com a multa também pode ser obtido no portal da Receita Federal a partir de segunda-feira. O prazo para pagamento sem correção é de 45 dias. Depois disso, há incidência de juros diários.

Também a partir da próxima semana estará disponível no site da Receita o novo programa para preenchimento da prestação de contas com o Leão – destinado tanto para quem perdeu o prazo quanto para quem já viu que está na malha fina e quer fazer a retificação dos dados.

Contribuintes que não mantêm a situação regularizada junto à Receita têm problemas para realizar viagens internacionais, obter financiamento junto aos bancos (principalmente o imobiliário) e não são autorizados a participar de provas de concursos públicos.

Transmissão

A Receita não registrou nenhum problema ou lentidão no sistema de transmissão da declaração do imposto de renda durante o último dia do prazo para a prestação de contas com o Leão.

A Receita chegou a receber mais de 300 mil declarações por hora no começo da tarde de ontem. Normalmente, o último dia para entrega agrupa o maior número de declarações. “Mas ao contrário dos anos anteriores, também tivemos uma concentração grande de envios no penúltimo dia, com cerca de 2,7 milhões de declarações”, afirmou o supervisor nacional do programa do IRPF, Joaquim Adir. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários

Newsletter

Receba diariamente os principais destaques do ABC em seu e-mail

.