Colegas e amigos lamentam a morte de Debbie Reynolds

Apenas um dia após Hollywood perder Carrie Fisher, os profissionais da indústria receberam outro choque: a mãe da atriz, Debbie Reynolds, faleceu aos 84 anos, um dia após sua filha. Reynolds teve um AVC, foi levado a um hospital em Los Angeles, e morreu na noite desta quarta-feira, 28.

A amada atriz de Cantando na Chuva (1952) mais recentemente apareceu no filme Como Agarrar Meu Ex-Namorado (2012) e na série de TV Will & Grace (1999-2006).
“Ela queria estar junto a Carrie”, disse o filho Todd Fisher após a notícia da morte da mãe.

Repercussões da morte de Debbie Reynolds:

“Muito difícil. Debbie se foi para ficar com Carrie. É uma pancada tão devastadora. Ela foi minha ‘mãe’ por anos e eu a amava muito. Uma lenda”, diz Debra Messing, estrela de Will & Grace.

“Debbie Reynolds, uma lenda e minha mãe no cinema. Não consigo acreditar que isso aconteceu um dia depois de Carrie. Meus sentimos para Billie”, afirma Albert Brooks, que fez Mãe é Mãe (1996) com Reynolds.

“De coração partido ao ouvir que Debbie Reynolds morreu. Ela era uma amiga muitíssimo querida. Rezando por Todd e Billie, #RIPDebbie”, lamentou Joan Collins, atriz e escritora.

“Debbie Reynolds era classe pura. Ela era amável, talentosa, bela, insubmissível. Eu sinto muito por todos que não tiveram a chance de conhecê-la”, escreveu Larry King, apresentador de TV.

“Não posso imaginar pelo quê a família de Carrie Fisher e Debbie Reynolds está passando esta semana. Envio todo o meu amor”, Ellen DeGeneres, apresentadora de TV.

“Tão comovido e triste pela notícia de Debbie Reynolds um dia depois de sua filha, Carrie, falecer. Muito amor e força para a família”, Dwayne Johnson, ator.

“Ano muito cruel” – Mark Hamill, ator

Comentários