Receba nossa newsletter [fechar]

Preencha os campos abaixo para receber diariamente nossas notícias exclusivas.

Nome:

E-mail:



Pagamento do 13° para aposentados começa dia 26


sábado, 10 de agosto de 2013 23:07 [2 Comentário(s)]
Enviar para um amigo Imprimir


 

Da Redação
O calendário de pagamentos começa com beneficiários que têm direito a um salário mínimo / Arte:Flória Napoli

A antecipação do pagamento da metade do 13º salário deste ano para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começará a ser paga no próximo dia 26. Serão contemplados com a antecipação 26.530.647 benefícios em todo o Brasil, considerando nesse cálculo o total de beneficiários de julho, segundo o Ministério da Previdência Social.


O extrato mensal de pagamento estará disponível para consultas na página do Ministério na internet (www.previdencia.gov.br) e nos terminais de autoatendimento da rede bancária a partir do dia 19. A parcela será depositada na folha de agosto, que será paga entre os dias 26 de agosto e 6 de setembro. O calendário de pagamentos começa com beneficiários que têm direito a um salário mínimo. A partir do 1º de setembro, recebe que ganha acima disso.


A primeira parcela do abono, de 50% do valor do 13º, representa uma injeção extra na economia de pelo menos R$ 12 bilhões. No ano passado, a antecipação do benefício representou uma liberação de R$ 11,3 bilhões. Além da antecipação da gratificação de final de ano, serão liberados mais de R$ 23 bilhões do benefício mensal no período. Ou seja, entre o fim de agosto e o começo de setembro serão injetados cerca de R$ 35 bilhões na economia.


O Ministério da Previdência adianta que não haverá desconto de Imposto de Renda (IR) nesta primeira parcela. De acordo com a legislação, o IR sobre o 13º só é cobrado em novembro e dezembro, quando será paga a segunda parcela da gratificação.


A decisão de antecipar o pagamento de metade do 13º foi publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União, segunda-feira (5). A primeira antecipação do 13º dos aposentados do INSS ocorreu em 2006.


Aposentados e pensionistas, em sua maioria, receberão 50% do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente.


Os segurados que estão em auxílio-doença também recebem uma parcela menor que os 50%. Como esse benefício é temporário, o INSS calcula a antecipação proporcional ao período. Por exemplo, um benefício iniciado em janeiro e ainda em vigor em agosto terá o 13º terceiro salário calculado sobre oito meses. Em dezembro, caso ainda esteja afastado, o segurado irá receber o restante. Se tiver alta antes, o valor será calculado até o mês em que o benefício vigorar e acrescido ao último pagamento do benefício.

A Previdência adverte que, por lei, os segurados que recebem benefícios assistenciais (LOAS) não têm direito ao 13º salário, ou seja, cerca de 4,1 milhões de pessoas. 

Procon alerta consumidor para compra consciente

Com a injeção de cerca de R$ 35 bilhões de gratificação na economia pelo governo, o Procon de São Caetano recomenda aposentados e pensionistas a tomarem cuidado para não se endividarem mais ou mesmo fazerem gastos desnecessários. O órgão tem registrado avanço de reclamações deste público sobre empréstimos consignados, questão que o Procon pouco consegue ajudar.


"Antes de comprar, é importante conversar com a família, refletir sobre a necessidade do produto, calcular se fato conseguirá pagar, pesquisar preços e nunca comprar por impulso", ensina Eliane Mara Teixeira Goi, supervisora de atendimento do Procon São Caetano, uma das unidades capacitadas semana passada para orientar aposentados e pensionistas sobre as finanças.


Eliane ensina também a tomar cuidado com os famosos "pastinhas", responsáveis por falsos negócios e que às vezes acompanham o idoso ao banco. "Eles propõem valor reduzido no pagamento de dívidas, mas na prática não é verdade", afirma. Outro cuidado é para não assinar papéis ou contratos em branco. "É um cenário de endividamento preocupante e até a família do idoso, infelizmente, tem contribuído para isso", comenta. (Maria do Socorro Diogo) 



Compartilhe:
 

Comentários 

  • maria zelia 11/8/2013 9:19:03 Até parece que chega ser necessária a recomendação sobre compras pelos aposentados....O parco salário não está dando nem para as despesas mais comuns ou básicas pois só podem fazer grandes arroubos os políticos e toda a classe deles que ganham muiiiiito e ainda têm todo tipo de ajuda....Haja dinheiro para estes.
  • maria zelia 11/8/2013 9:17:46 Até parece que chega ser necessária a recomendação sobre compras pelos aposentados....O parco salário não está dando nem para as despesas mais comuns ou básicas pois só podem fazer grandes arroubos os políticos e toda a classe deles que ganham muiiiiito e ainda têm todo tipo de ajuda....Haja dinheiro para estes.
First 1 Last 

Nome:

E-mail:

Comentário:

Código segurança:

< Voltar

Publicidade