Receba nossa newsletter [fechar]

Preencha os campos abaixo para receber diariamente nossas notícias exclusivas.

Nome:

E-mail:



Paulinho pede desculpas e quer reaproximação com Dib


terça-feira, 24 de abril de 2012 13:03 [Nenhum Comentário]
Audio
Enviar para um amigo Imprimir


 

Leandro Amaral
Foto: Marciel Peres

O vereador de Santo André, Paulinho Serra, revelou nesta terça-feira (24) que está disposto a recompor com o coordenador regional do PSDB, William Dib, no intuito de somar forças para a sucessão municipal que se avizinha.

A disposição de Paulinho é mais um recado direto ao deputado federal na tentativa de rever a saia justa protagonizada recentemente. Serra, que almeja a candidatura própria do tucanato andreense, chegou a declarar que Dib teria vendido o partido ao prefeito Aidan Ravin (PTB) durante almoço ocorrido entre os dois, na companhia do presidente local Ricardo Torres.

A confirmação de que Dib move duas ações contra Serra (cível e criminal), em decorrência da acusação, elevou a temperatura interna. Paulinho, que havia se retratado por meio de carta junto à direção municipal do partido, desta vez resolveu pedir perdão em público.

“Quero novamente deixar as minhas desculpas ao Dr. Dib. Quando houve toda a discussão não foi o que eu quis dizer (venda). Foi no sentido político e não pessoal”, disse.

Na tentativa de arrefecer o episódio e pavimentar a reconciliação, Paulinho reitera que quer dialogar diretamente com Dib que, até o momento, não o recebeu para a conversa.

“Agora é muito difícil a gente tentar recompor se no outro lado não há intenção neste sentido. Não dá pra conversar quando as pessoas não aceitam essa tentativa. Temos vários amigos em comum e, da minha parte, estou tentando e vou insistir nisso, mas ainda não tem nada agendado”.

Nos bastidores, o comentário recorrente é que Paulinho Serra tem sido alvo do fogo cruzado entre Dib e o deputado estadual Orlando Morando. Os dois deputados, até pouco tempo conhecidos por uma relação próxima, quase familiar, romperam os laços. Como Paulinho transita no grupo de Orlando, virou alvo também da rusga.

Porém, de mero alvo da artilharia alheia entre os dois, passou a ser parte dela ao acusar publicamente o parlamentar.


 



Compartilhe:
 

Comentários 

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro! Faça seu login clicando aqui.

Nome:

E-mail:

Comentário:

Código segurança:

< Voltar

Publicidade