Receba nossa newsletter [fechar]

Preencha os campos abaixo para receber diariamente nossas notícias exclusivas.

Nome:

E-mail:



Selada aliança, Alckmin diz que Alex Manente é “excelente”


terça-feira, 10 de abril de 2012 14:49 [1 Comentário(s)]
Audio
Enviar para um amigo Imprimir


 

Leandro Amaral
O governador, durante o cerimonial, ficou entre Orlando e Alex / Foto: Tiago Oliveira

Depois de anunciada a aliança eleitoral em São Bernardo, na qual o PSDB indicará Admir Ferro como vice na chapa encabeçada pelo PPS, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) deixou o discurso protocolar de lado nesta terça-feira (10) e rasgou elogios ao pré-candidato a prefeito Alex Manente. “Eu acho que o Alex Manente é um excelente pré-candidato, preparado, sério e vai fazer um bom trabalho”.

A declaração foi feita durante a inauguração do primeiro serviço especializado no tratamento de gestantes com dependência química do Estado de São Paulo no Hospital Psiquiátrico Lacan.

Alckmin chegou ao ato às 10h30, já na companhia de Alex Manente. O deputado estadual, por sinal, integrou durante todo o tempo a comitiva do governador. Em todos os deslocamentos, o popular-socialista figurou no carro oficial do tucano. Além da agenda no Hospital Lacan, os dois estiveram a tiracolo na vistoria da unidade do DETRAN, na região central, e depois no tradicional cafezinho, protagonizado nesta terça na padaria Flor dos Vianas (estabelecimento de Márcia, irmã de Rogério Capetinga, que presta assessoria ao deputado Orlando Morando) na rua homônima. Alex, nitidamente satisfeito com o staff do governador, posou para fotos e fez questão de saudar os presentes ao lado de Alckmin.

O futuro companheiro de chapa, vereador Admir Ferro, que também é o presidente municipal do PSDB, evitou dar conotação eleitoral ao ato. “Quem acompanha o Geraldo Alckmin sabe que ele faz isso nos quatro anos de mandato em todo lugar que ele vai. Normalmente ele sai dos eventos e vai numa padaria para tomar café junto com as lideranças locais. Ele não está fazendo isso por conta da eleição”.

Para não perder a agenda ao lado de Alckmin, Alex conversou com a reportagem, por telefone, depois do evento. Ele, que deixou o ato junto com o governador rumo ao Palácio dos Bandeirantes, disse que a fala do tucano representa força e ainda mais responsabilidade da pré-candidatura. "Fico animado. É motivo de alegria e também de responsabilidade. O governador é uma figura nacional que, quando nos sinaliza essa missão, aumenta a nossa responsabilidade. Nós temos o PPS cada vez mais se firmando nessa relação com o governo estadual, na continuidade da gestão e na reeleição ( de Alckmin em 2014)", disse.

Por motivo de agenda previamente marcada, o prefeito Luiz Marinho não compareceu ao evento oficial. Ele foi representado pelo secretário municipal de Saúde, Artur Chioro.

Orlando Morando

Chamou atenção a postura do deputado estadual Orlando Morando. Acostumado a protagonizar todas as aparições de Alckmin na região desde o desembarque até o café derradeiro, o tucano - que não demonstrou interesse em pleitear a sucessão de Luiz Marinho (PT) – teve participação secundária.

Durante as falas cerimoniais no Hospital Lacan, ficou ao lado do governador que se posicionou entre Morando e Manente. Orlando não posou para fotos na saída e nem acompanhou o cafezinho. Deixou o evento logo depois da coletiva de imprensa do chefe do Palácio dos Bandeirantes.

No discurso, Orlando saudou a iniciativa do governo estadual e, depois de ter encerrado a fala, voltou ao microfone para se desculpar por não ter saudado nominalmente os colegas de Assembleia Legislativa, os deputados Alex Manente e Vanessa Damo (PMDB).

A atitude menos enfática de Orlando na presença do governador pode ser atribuída ao fato de ele ter sido a voz entusiasta da candidatura própria do PSDB em São Bernardo.

Apesar disso, Admir Ferro aposta que Orlando Morando endossará a campanha opositora local. “O Orlando é um deputado inteligente. É uma liderança importante da região e na hora certa estará presente na campanha”.

Decisivo

Segundo relatos dos próprios tucanos de São Bernardo, o governador foi decisivo no arranjo final que culminou na aliança do PSDB com o PPS. Alckmin, assim como o coordenador regional William Dib, aposta numa eleição plebiscitária de um turno único para reduzir a vantagem petista de Luiz Marinho, que tentará a reeleição no dia 7 de outubro.

Evento

Segundo informações ainda não confirmadas oficialmente, no próximo dia 23 de abril, ocorrerá um grande evento político na cidade para materializar a aliança com a presença dos ícones dos dois partidos.O ato deverá atrair a presença do governador Geraldo Alckmin, do pré-candidato do PSDB paulistano, José Serra, do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, entre outros.

Santo André

O governador Geraldo Alckmin não quis comentar o cenário eleitoral de Santo André, no qual o seu partido vive o dilema de ter candidatura própria com o vereador Paulinho Serra ou caminhar, desde o início, na trincheira do prefeito Aidan Ravin (PTB) que tentará a reeleição.



Compartilhe:
 

Comentários 

  • marcelo limeira dos santos 11/4/2012 10:16:05 O irmão da dona da padaria Flor dos Vianas Sr. Rogerio Capetinga não presta ser viços ao Orlando, Ele é nomeado chefe de gabinete do Vereador Ary de Oliveira na CMSBC.
First 1 Last 

Nome:

E-mail:

Comentário:

Código segurança:

< Voltar

Publicidade